segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

O Que é Franchising? Como São as Relações Entre Franqueados e Franqueadores?

Franchising é um arranjo para melhor distribuir produtos e/ou serviços que, juridicamente, se implementa através de um contrato pelo qual o detentor de uma determinada marca – ou algum método de comercialização – outorga a alguém licença para explorar essa marca ou tecnologia.

https://www.youtube.com/watch?v=6_P2-Pt2rhk

Nesse cenário o Franchising estabelece duas presenças:

• Franqueador: É aquele que detém a marca e o know-how da comercialização de certo bem ou serviço. Os direitos de revenda e uso são cedidos pelo contrato.

• Franqueado: É aquele que adquire contratualmente o direito de comercializar o bem ou serviço. Geralmente esse uso se restringe a certa área geográfica e vem acompanhado do benefício da marca e de apoio para o gerenciamento do negócio.

https://guiaituonline.com.br/franquias-baratas-online/

No sistema Franchising o franqueador (detentor da marca) estabelece o modo pelo qual o franqueado (interessado pela concessão) deverá instalar e operar seu próprio negócio e desempenhar suas atividades, as quais serão desenvolvidas sempre sob o comando e orientação do franqueador.

Um dos grandes atrativos do sistema é que ele permite a formação de uma rede de distribuição formada por empresários, os quais investem e apoiam o sucesso do franqueador.

A remuneração será prevista em contrato e variará de negócio para negócio.

Outros atrativos do sistema Franchising:

  • O franqueado pode fornecer informações permanentes ao franqueador a respeito das tendências do mercado e o comportamento dos consumidores;
  • O franqueado é um parceiro na marca franqueada e atua com iniciativa e responsabilidade próprias;
  • O franqueado procura trabalhar com mais eficiência, servindo melhor aos consumidores do que se fosse um funcionário, pois ele é um empreendedor e seu desempenho econômico dependerá de como ele atende seus clientes;
  •  O franqueado conhece melhor seu mercado do que o franqueador, podendo fazer adaptações no negócio exigidas pelas características da sua região.

Tipos de Franchising

No decorrer dos últimos anos o sistema de franquias vem se desenvolvendo e assumindo novas relações entre franqueados e franqueadores.

Mas, em princípio, pode-se apresentar três (3) tipos de relação:

• Franchising no Varejo Patrocinada Pelo Fabricante: Trata-se do franchising de produtos e marcas. Ou seja, o tradicional. É a concessão da exploração comercial de uma determinada marca, associada à revenda de produtos ou à prestação de serviços, os quais são fornecidos pelo franqueador ao franqueado. Nesse tipo de franquia não existe muita supervisão ou apoio do franqueador e os principais exemplos são os postos de combustíveis e as revendas de automóveis.

• Franchising no Atacado Patrocinada Pelo Fabricante: Em relação ao tipo anterior, inclui-se a exclusividade no fornecimento do produto (ou serviço), existindo mais supervisão do franqueador. O caso clássico são as indústrias de refrigerantes, onde o fabricante concede licença aos engarrafadores que compram seus concentrados, industrializam e vendem o produto aos varejistas.

• Franchising no Varejo Patrocinada Por Prestadora de Serviços: É um formato de negócio que inclui a transferência de tecnologia do franqueador ao franqueado. Esse know-how se refere ao planejamento, a implementação e ao gerenciamento da unidade franqueada e os melhores exemplos são as redes de fast-food.

No início de suas atividades muitas dessas redes não cobravam taxas abusivas ao novo franqueado e, além disso, não “vendiam” áreas geográficas para atuação exclusiva do franqueado.

Elas visualizavam ótimas potencialidades nesse segmento e compreendiam que o sucesso dos franqueados levaria – necessariamente – ao sucesso da rede.

Sendo assim, pode-se afirmar que as potencialidades do sistema Franchising são praticamente inesgotáveis e, por ser muito flexível, pode apresentar formas bastante diversificadas e adaptáveis à dinâmica de cada negócio.

Este artigo O Que é Franchising? Como São as Relações Entre Franqueados e Franqueadores? surgiu inicialmente no Blog Guia Instituto Usuário Online.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

5 Dicas para o Sucesso da Publicidade Online (+ 10 curiosidades)

Quando precisamos investir no crescimento, o mais importante é aparecer de forma eficiente para nosso público-alvo.

Seja uma loja física ou virtual, não sendo determinante qual é o tipo de negócio.

O investimento em publicidade é uma solução consolidada que traz retorno.

Porém, antes é preciso realizar algumas perguntas clássicas na hora de aplicar algum dinheiro. São elas:

  • Como obter o retorno sobre o investimento aplicado?
  • Quais os riscos deste investimento?
  • Quanto tempo terei que esperar para ter retorno?

Para fazer um investimento em publicidade no Google é preciso entender – ou de alguém que entenda – as regras deste investimento publicitário para que o resultado seja positivo e as perguntas acima sejam respondidas de forma clara e concisa.

O sistema de publicidade online mais conhecido e consolidado do mercado para quem quer aparecer na internet é o Google AdWords.

O sistema de publicidade do Google que, em conjunto com o Google Analytics, oferece métricas que permitem a visualização clara do retorno do seu investimento.

Questões como retorno, risco e tempo são muito importantes e altamente valorizadas pelo Google, pois o sistema consegue analisar conversões e maximizar resultados.

Uma conversão corresponde à conclusão de um objetivo previsto no site. Geralmente é um preenchimento de cadastro, download de um arquivo ou a venda de um produto ou serviço através do site.

Preparamos cinco dicas para a publicidade do Google AdWords:

1. Saiba anunciar seu produto

Se você tem tempo livre e gosta de AdWords estude e faça você mesmo a sua campanha.

Se você já tem diversos assuntos para resolver sobre seu negócio, contrate uma Agência Google Adwords, que irá auxiliar a encontrar os melhores caminhos para sua conta.

Há muitas regras no mundo dos links patrocinados e se você não possui o conhecimento adequado, não faça.

2. Seja claro em seu texto

Se o seu intuito é vender online ou gerar contatos relevantes, facilite a navegação no seu site, ofereça informações claras sobre seus produtos ou serviços, formas de pagamento, imagens dos produtos e formas de entrar em contato.

3. Inspire confiança

Se o seu site não demonstra confiabilidade, o investimento em marketing pode não gerar retorno. Então, busque um design agradável, evite erros de português ou páginas fora do ar, ou de nada adiantará levar pessoas até ele.

4. Invista o suficiente para analisar os resultados

Invista um valor que seja o suficiente para a coleta de dados estatísticos confiáveis sobre a sua campanha de marketing digital.

Não adianta nada deixar rodando apenas um ou dois dias.

5. Utilize métricas para visualizar o retorno

O investimento aplicado é proporcional à quantidade de cliques.

Com essa medida você saberá qual parte da sua campanha está indo bem e qual não está indo. Use o Google Analytics e/ou o código de conversões AdWords para descobrir os pontos positivos e negativos.

Na publicidade do Google AdWords dá para ter certeza que um clique que custou R$ 0,03, por exemplo, gerou uma venda online de um produto de R$ 50.

Se compararmos o retorno da mídia online com o da mídia tradicional, como a TV, seria como se fosse possível medir o número exato de espectadores, ter certeza que apenas determinado segmento verá sua propaganda televisiva, que as pessoas se interessaram, levantaram da poltrona naquele momento, foram até a loja e compraram o produto minutos depois do anúncio.

Um dia a TV chega lá. :)

Considere Buscar um profissional para te ajudar

O AdWords é uma poderosa ferramenta capaz de oferecer produtos ou serviços apenas para as pessoas que precisam deles e já estão interessados por eles. É um sucesso no mundo inteiro, basta seguir o caminho correto.

Hoje em dia, existem várias Agencias Google Adwords, especializadas em anunciar e gerir anúncios no Google, por isso o melhor caminho a seguir seria contratar uma dessas agências especializadas em marketing online, onde Anunciar no Google será mais fácil e eficiente.

10 Curiosidades sobre a Publicidade Digital

Alguns fatos interessantes que você deve, ou não, ficar atento:

  • 30% da publicidade online nunca é vista pelo consumidor final, principalmente porque as propagandas estão no final da página e 2/3 dos usuários não rolam a página até o final para ver.
  • A média de cliques para publicidade online é apenas 0.1%. Em outras palavras, uma propaganda gera apenas um clique entre as milhares de vezes que é mostrada, e esta métrica ainda soma os cliques de publicitários testando a efetividade de sua campanha online.
  • O Smart Phone no seu bolso seria qualificado como o computador mais potente em 1985.
  • Varejistas podem perceber um aumento de 60% fazendo uso completo do Big Data já disponível. Entretanto, apenas nos EUA, perceber todos os benefícios econômicos dos dados disponíveis atualmente, entre todas as indústrias, requer um adicional de 140.000 analistas qualificados.
  • O custo atual para obter um disco de computador capaz de armazenar 100% de todas as músicas do mundo é apenas 600 dólares.
  • Em novembro, o Facebook contabilizou 10% do tempo gasto online nos EUA, atraindo 150 milhões de visitantes únicos. O LinkedIn foi o próximo, com 41 milhões de visitantes únicos em novembro de 2012.
  • Quase 1/3 das compras de consumo eletrônico é feito online atualmente, mas apenas 1% dos bens diários, de uso básico é comprado online.
  • A receita de publicidade online está subindo uma media de 100% ao ano.

Todos esses fatos interessantes foram apresentados recentemente por Gian Fulgoni, presidente da comScore, no formato de conferências e posts em blogs.

Alguns dias atrás ele resumiu os dez “tópicos quentes no mundo digital” em um post compreensível no blog da própria empresa.

Vale a pena prestar atenção no que ele tem a dizer, porque ele usa uma perspectiva extremamente bem informada, e se você quiser ler a visão dele com mais detalhes, eu convido você a clicar no post original.

Em resumo, de qualquer forma, os dez “tópicos quentes” são:

  1. Big Data;
  2. e-Commerce;
  3. Mídias Sociais;
  4. Mudar os gastos de publicidade para Digital;
  5. Público alvo versus locação de mídia;
  6. Medir a entrega e efetividade dos planos de mídia digital;
  7. Crescimento do número de Smart Phones e Tablets;
  8. Planejamento de mídia multiplataforma e análise;
  9. Ideias de marketing em tempo real;
  10. Considerações de privacidade;

Um dos comentários interessantes de Folgoni tem a ver com a preocupação que as pessoas tem sobre sua privacidade online, em vista da capacidade de rastreamento que as ferramentas usadas por publicitários possui.

Ele diz que quase todos esses rastreamentos e ferramentas de público alvo são baseados em cookies anônimos, que não coletam absolutamente nenhuma informação de identificação.

A conclusão dele, claro, é que você pode ser rastreado online, mas que na verdade não pode ser identificado.

Entretanto, eu acho que é apenas uma questão de tempo até o uso efetivo e robusto do Big Data, de fato, produzir identidades reais para ligar a comportamentos específicos online.

O mundo está se tornando de fato mais e mais transparente.

Tudo pode estar apenas translúcido hoje, mas, e amanhã…?

 

 

Este artigo 5 Dicas para o Sucesso da Publicidade Online (+ 10 curiosidades) aparece primeiro no Blog Guia Instituto Usuário Online.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

25 Poderosas Frases sobre Inovação de Pessoas que Vencedoras no seus Ramos de Atuação

Inovar é preciso!

E no mundo atual estamos vivenciando grandes inovações em todas as áreas.

Pensando nisto criei uma lista de frases sobre inovação de grandes mentes do mundo dos negócios, da ciência e de outros importantes meios.

No autor de cada frase há um link que leva para um livro de referência sobre a vida do mesmo.

Assim você pode conhecer mais sobre cada personalidade e como ele ajudou a construir o mundo que temos hoje.

Nas frases abaixo tempos pessoas como Steve Jobs, Friedrich Nietzsche, Albert Einstein, Peter Drucker . . .

Em alguns pensamentos há também vídeos que complementam o que a citação significa.

Espero que estes poderosos pensamentos lhe inspirem a inovar e ajudar a melhorar um pouco o nosso planeta.

25 Frases de personalidades com inovação no sangue

O tempo é o maior inovador.  - Francis Bacon

 

A inovação é o que distingue um líder de um seguidor.  - Steve Jobs

 

Inovação é a criatividade emitindo notas fiscais. - Silvio Meira

 

A maior invenção do mundo não é a minha tecnologia! É a Morte! Pois através dela, o velho sempre dará lugar para o novo! - A Cabeça de Steve Jobs

 

Inovar não é reformar. Emund Burke

 

A criatividade é pensar coisas novas. A inovação é fazer coisas novas. Theodore Levitt

 

Theodore Levitt pessoa inovadora

 

Uma importante inovação científica raramente faz seu caminho vencendo gradualmente e convertendo seus oponentes: raramente acontece que 'Saulo' se torne 'Paulo'. O que realmente acontece é que os seus oponentes morrem gradualmente e a geração que cresce está familiarizada com a ideia desde o inicio. Max Planck

 

Logo que, numa invenção, mostram alguma coisa de antigo,  ficamos sossegados. Friedrich Nietzsche

 

Inovação exige novas ideias, a educação tem uma responsabilidade frente a tradição. Seymour Papert

 

A inovação sempre significa um risco. Qualquer atividade econômica é de alto risco e não inovar é muito mais arriscado do que construir o futuro. Peter Drucker

Inovação! Não se pode ser inovador para sempre.  Eu quero criar clássicos. Coco Chanel

 

A necessidade é a mãe da inovação. Platão

 

Fica provado que uma inovação não é necessária quando se torna demasiado difícil implementá-la.
Luc de Clapiers Vauvenargues

 

Se, a princípio, a ideia não é absurda, então não há esperança para ela. Albert Einstein

A inovação é a ferramenta mais forte para o sucesso de uma organização. - Jardel Mello

 

Para a empresa excelente, a inovação é a única coisa permanente. - Tom Peters

 

Cuidado com gente que não tem dúvida. Gente que não tem dúvida não é capaz de inovar, de reinventar, não é capaz de fazer de outro modo. Gente que não tem dúvida só é capaz de repetir. Mario Sergio Cortella

https://www.youtube.com/watch?v=SB8vsA14tsE

 

Todas as inovações eficazes são surpreendentemente simples. Na verdade, maior elogio que uma inovação pode receber é haver quem diga: Isto é óbvio! Por que não pensei nisso antes? Peter Drucker

 

O medo de errar é o principal obstáculo para a inovação que queremos. Sir Hob

 

 

Quanto mais inovamos, mais difíceis se tornam as próximas inovações e, consequentemente, a manutenção de uma estratégia competitiva baseada apenas na inovação. - Carlos Hilsdorf

 

Se não formos capazes de ficar sozinhos, nós apenas vamos aprender como ser solitários. Vídeo "A inovação da solidão"

 

https://www.youtube.com/watch?v=MgGntSgKs2s

 

A irreverência e a propensão para a inovação são características essenciais para o futuro, pois, como costumo dizer, quem não apostar na inovação arrisca-se a acabar de pernas para o ar. - Belmiro Azevedo

 

A inovação baseada no conhecimento tem o mais longo tempo de liderança de todas as inovações. - Peter Drucker

 

Se falta de tempo realmente fosse uma justificativa para não tirar os projetos do papel, somente os desocupados teriam sucesso. - Flavio Augusto da Silva

 

Se você contar sua ideia pra 10 pessoas e 9 delas disser que você está maluco, provavelmente você está fazendo algo inovador! - Nolan Bushnell

https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=2MHO3labS4o


E aí gostou das frases?

Pensamentos inspiradores, em?

Estão fique ligado que estaremos seguidamente adicionando novas citações sobre inovação.

Também iremos montar imagens com as frases mais fortes para você compartilhar e usar como quiser.

Abraço e boas inovações!

 

 

O post 25 Poderosas Frases sobre Inovação de Pessoas que Vencedoras no seus Ramos de Atuação foi postado primeiro no Guia Instituto Usuário Online.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

O Líder Moderno Deve Abandonar a Cultura da Empresa e Criar um Clima Favorável

Se você lidera uma unidade de negócio – uma equipe, um departamento ou uma empresa – você já pensou sobre a cultura corporativa.

Você já leu sobre como ter a cultura certa leva a resultados excepcionais.

Acerte a cultura, os gurus dizem, e o resto vai magicamente cuidar de si mesmo.

E você acredita se você é ou já foi parte de uma equipe de alto desempenho.

Tudo faz sentido, é divertido, e os resultados fluem.

O problema surge quando você tenta pegar seu time atual, que não é ruim, mas não tem nada de especial, e mudar a cultura.

É difícil, não é?

Os gurus dizem para escrever uma declaração clara da missão, alinhar com os valores, e comunicar (em excesso).

Isso funcionou para você? Acho que não.

Aqui está o por quê:

  • A cultura é relativa, varia de dia para dia e de indivíduo para indivíduo. Não é algo que o líder pode controlar. É uma variável dependente, não independente. A cultura é um resultado e não um input.

https://guiaituonline.com.br/lideranca-empresarial/

Pense no clima, não na cultura

Ah. OK.

Isso se encaixa na minha observação do mundo real.

Mas então como faço para levar minha equipe atual a níveis mais elevados de desempenho?

Bem, a cultura não é uma variável que o líder controla, mas o clima é.

Você define o clima para a sua unidade.

O clima sim é um input.

  • Que comportamentos você reconhece e recompensa?
  • Qual é o seu nível de energia?
  • Os seus funcionários sentem que você confia neles? Como você lida com a gestão do stress e a resolução de conflitos?
  • Como você reage ao fracasso? (Na verdade, não vamos chamar de fracasso. Chamaremos de “aprendizagem”.)

O líder tem uma enorme influência sobre o clima em sua unidade.

O líder determina o tom.

A grande descoberta da liderança…

Aqui está a descoberta:

  • Se você promover o clima certo, você terá direito a cultura.

https://www.youtube.com/watch?v=Mtjt8jqxR_w

Vários anos atrás, observei um jovem líder rodeado por uma cultura de reação e pânico.

Embora fosse uma empresa bilionária e negociada publicamente, era essencialmente um negócio familiar.

Quando o fundador dizia, “Pulem!” – o que aconteceu muitas vezes – a resposta culturalmente adequada era: “Quão alto?”

Períodos de “aperto financeiro” foram um acontecimento comum.

A maioria dos gerentes de nível médio saía de uma reunião onde havia sido repassada uma diretiva de corte de custos ou melhoria dos lucros, e jogava a responsabilidade em seus subordinados:

“Encontrem uma maneira de cortar X mil dólares”.

O jovem líder tomou um caminho diferente

Ele passava um tempinho em seu escritório, recolhia seus pensamentos, e traçava um plano.

Então ele iria informar sua equipe da missão, mas também fornecer o contexto, a orientação, e uma abordagem.

Mais importante, ele mudou a paisagem emocional.

Ele criou um buffer e um pequeno oásis de razoável calma.

Ao longo do tempo a cultura de sua unidade mudou.

Decisões e gestões do negócio tornaram-se mais colaborativas.

Os subordinados aprenderam a pensar em vez de apenas fazer.

O jovem líder definiu o clima e mudou a cultura dentro da sua pequena área de influência.

A propósito, sua unidade também aumentou as vendas em 19% e os lucros em 46 % sobre o ano anterior.

De adulto para adulto versus de pai para filho, mudando a cultura como clima certo

A mesma ideia de criar um clima para uma mudança de cultura foi incorporada em um recente discurso de um especialista sobre estimular a inovação nas empresas.

Ele adaptou os conceitos de Análise Transacional ao local de trabalho, dizendo:

“Se você quer acender mais inovações, você tem que interagir com os seus colaboradores de adulto para adulto, em vez de pai para filho”.

Que ideia mais poderosa e uma metáfora clara.

Quando você tem um clima de cima para baixo, de comando e controle, pai-filho, em que tipo de cultura geralmente resulta?

Empregados que, em sua maior parte, colorem dentro das linhas e fazem o que lhes é pedido.

Uma nova missão, provavelmente não vai mudar isso.

Valores realinhados podem até mudar isso, mas a definição de um novo clima lhe dará a peça que faltava: como fazê-lo.

Um caso de sucesso e resultados obtidos por um líder focado no clima do seu time

Eu vi a mesma coisa, como cliente, em uma empresa que entregava um grande serviço e trabalhava excepcionalmente bem em equipe.

Fiquei intrigado, então eu falei com o gerente da unidade.

Ele explicou que seu antecessor havia contratado vendedores com problemas financeiros e problemas com bebida, que “tinham que vender para comer.”

Isso criou uma desconexão com o target de alta renda e com o materiais high-end de marketing fornecidos pela sede da empresa.

O novo gerente fez várias mudanças no clima da unidade, começando com a contratação de um modelo diferente e mais profissional de vendedores.

Ele alinhou os processos de marketing com os de venda – e com o cliente-alvo.

Mas ele também acompanhou todas as medidas chave de desempenho, compartilhando informações financeiras e resultados livremente em toda a unidade, e modelou integridade e paixão para o negócio.

Ele conseguiu enormes melhorias nos resultados de negócios de sua unidade.

 

Mas a realização mais importante foi que ele havia estabelecido um novo clima, que resultou em uma cultura que impressiona o cliente. Isso é raro.

Depois de conversar com ele e ouvir sua história, eu não estava de todo surpreso quando ele foi rapidamente promovido a um papel muito maior na sede.

As boas e más notícias sobre a cultura da organização…

Acertar na cultura é extremamente importante para alcançar resultados superiores, mas a cultura não é controlável para líderes empresariais.

No entanto, a cultura é o resultado do clima, e  líderes podem definir o clima de sua unidade.

A definição de um clima que produz uma cultura de alto desempenho é difícil.

É preciso uma liderança real. E criatividade.  Energia. Flexibilidade. Princípios. Perseverança. Mas funciona.

E é extremamente gratificante.

Boa sorte!

Este texto O Líder Moderno Deve Abandonar a Cultura da Empresa e Criar um Clima Favorável surgiu inicialmente no Blog Guia Instituto Usuário Online.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Ideias e Táticas de Gestão de Conflitos em Equipes através da Liderança (+ Produtividade)

Os Conflitos Podem Reduzir a Produtividade de Uma Equipe?

O Conflito é Um Problema? Os Conflitos Devem Ser Eliminados, Incentivados ou Minimizados?

Os conflitos interpessoais são o “calcanhar de Aquiles” da grande maioria dos líderes, gerentes e chefes.

Isso não é à toa, pois as diferenças entre as pessoas e os embates que decorrem daí tomam boa parte do tempo dedicado à condução da equipe, reduzem a produtividade no trabalho e, muitas vezes, tornam insustentável a convivência entre as pessoas dentro das organizações.

Algumas teorias existentes na prática da Administração dão conta dos conflitos e propõem medidas alternativas para eliminá-los, reduzi-los ou pelo menos minimizar seus efeitos no ambiente organizacional.

Em geral, o conflito é visto como um problema a ser banido do ambiente de convivência e o gerente que não consegue este feito é taxado de incompetente.

Em um recente seminário sobre Liderança, os participantes foram incentivados a listar as principais palavras e conceitos relacionados a conflito:

  •  “Problema”, “confusão”, “atrito”, “desperdício”, “briga”, “crise”, entre vários outros, foram alguns dos termos citados.

Como era de se esperar, a grande maioria das palavras continha um caráter negativo, drástico ou mesmo impróprio de ser descrito aqui e nisso reside a primeira questão que se coloca ao gerente (ou outro gestor qualquer), ao lidar com os conflitos.

https://www.youtube.com/watch?v=rzit5dRxXxA

Observa-se uma grande dificuldade das pessoas em geral (principalmente aquelas envolvidas diretamente no conflito) de ver na diferença de opiniões, de percepções e de sentimentos a riqueza capaz de proporcionar a criatividade e a inovação que normalmente nascem da tensão e do confronto, mas que se escondem todas as vezes que a unanimidade superficial toma conta das equipes.

Em um mercado que exige novidades a cada instante, o conflito deveria ser estimulado e enaltecido como propulsor dos diferenciais competitivos fundamentais para a organização.

Assim, o conflito e seus subprodutos como a inovação, a criatividade e as mudanças, são banidos do ambiente organizacional em troca de uma suposta calma, ordem e tranquilidade apaziguadora, que uniformiza as opiniões, mantém o status da situação atual e preserva os paradigmas da organização.

Leia também: 44 Frases e Pensamentos para uma Liderança Influenciadora e Efetiva

Lidando com Oposições a suas Ideias na Equipe

Um dos maiores obstáculos ao fluxo da comunicação é a atitude de defesa das pessoas, cujas ideias e sugestões estão sendo avaliadas. Essa atitude de defesa tolhe a capacidade da pessoa para ouvir e considerar o que dizem.

Mas, se você acredita que sua ideia pode resistir ao rigor de um exame minucioso e imaginativo, siga as sugestões abaixo que o ajudarão a lidar com a oposição:

  •  Relaxe: é algo fácil de falar, mas difícil de fazer. Apoie as costas na cadeira e mantenha a expressão facial atenta, sem franzir as sobrancelhas. Convide as pessoas a discutirem abertamente suas ideias, pois dessa forma toma conhecimento do que os outros pensam. Quando você está relaxado, seus filtros estão abertos, podendo captar sugestões valiosas sobre como aperfeiçoar sua ideia.
  •  Escute: mantenha-se com as costas apoiadas na cadeira, contato visual e expressão facial atenta, demonstrando que valoriza o que está sendo dito. Não interrompa seu interlocutor, a menos que fique claro que deturpam sua ideia e estão desperdiçando tempo. Preste atenção às outras pessoas, pois se tiver que apresentar outros argumentos mais tarde, pode ser útil saber quem resiste à sua ideia e por que.
  •  Aceite: você não tem que concordar com quem o critica, mas é melhor aceitar que as pessoas que estão dirigindo, levam sua crítica a sério. Mesmo que você não diga coisas que entristeçam os outros, pode mostrar desaprovação em seu rosto. Portanto, cuidado com as expressões faciais. Esse tipo de comunicação não verbal dificilmente faz amigos e influencia pessoas (pelo menos a seu favor).
  • Faça de sua ideia uma questão do grupo: se você hesitar ao defender suas ideias, poderá se surpreender com alguém assumindo sua defesa; pois, provavelmente, essa pessoa não é sectária. Se uma ou duas pessoas lhe dirigem seus comentários e a discussão se torna enfocada e você deve torná-la uma questão do grupo, solicitando opiniões dos outros membros.
  • Responda: se uma discussão em grupo ainda deixa algo faltando, você pode querer manifestar sua reação a algum dos desacordos. Mas quando o fizer, dirija-se ao grupo, não ao seu crítico. Lembre-se que você fez de sua ideia uma questão do grupo, não a aceite de volta.
  1. Veja também: 30 Nomes Criativos para Equipes Vencedoras

Táticas de Conflito Interpessoal no Grupo

Os conflitos são inerentes à vida em grupo e a escassez de recursos para satisfazer todas as necessidades gera conflitos intermináveis.

As mudanças no grupo, seu crescimento e desenvolvimento resultam do modo como os conflitos são enfrentados.

O conflito não é danoso nem patológico, é uma constante da dinâmica interpessoal e reveladora do nível energético do sistema.

Ele possui muitas funções positivas porque rompe o equilíbrio da rotina, mobiliza energia latente do sistema, desafia a acomodação de ideias, desvenda problemas escondidos, aguça a percepção e o raciocínio, excita a imaginação e estimula a criatividade para soluções originais.

Existem várias maneiras de se lidar com o conflito, desde a simples negação até a resolução adequada; mas o primeiro passo nesse sentido é admitir a sua existência e que é preciso enfrentá-lo.

As modalidades de lidar com ele compreendem dois conjuntos de táticas:

a) Táticas de Luta / Fuga:

São as mais utilizadas, ainda que ineficazes.

Como tática de luta, temos a competição e como tática de fuga a repressão e a evasão.

A tática da competição implica reconhecer o conflito e engajar-se na luta aberta contra o adversário:

  • no mundo dos negócios a competição é plenamente aceita como mecanismo de melhoria de qualidade, crescimento e desenvolvimento das organizações e do país.

A competição entre as empresas é saudável e estimulante, bem como a competição intergrupal dentro de cada organização.

Entretanto, no âmbito do pequeno grupo fica mais difícil admitir a validade da competição interpessoal, tanto para a obtenção de sucessos individuais como para resolução de conflitos.

A tática de repressão se traduz no uso da força para aniquilar o conflito, com a figura da autoridade determinando que os litigantes cessem a disputa e, diante da ameaça de penalidades, as partes discordantes reprimem suas emoções, abstêm-se de discutir e controlam expressões comportamentais.

Um conflito reprimido pela força não desaparece, se recolhe ao estado latente; e assim que houver uma brecha no policiamento volta a se manifestar de forma ainda mais violenta

b) Táticas de Diálogo:

um grupo que se desenvolve como equipe aprende a utilizar outras modalidades de administração de conflitos chamadas de táticas de diálogo, incluindo o apaziguamento, a negociação, a confrontação e a resolução de problemas.

A tática do apaziguamento pressupõe a ajuda de outrem na administração do conflito, abrindo espaço para o diálogo, destinado inicialmente a aparar arestas e dar a oportunidade do desabafo de cada um dos contendores.

O apaziguamento propicia o encaminhamento da situação de conflito para uma negociação entre as partes envolvidas.

A tática da negociação não pode efetuar-se em contexto de fortes emoções, pois as negociações produtivas não acontecem durante uma rixa ou logo após a mesma.

É preciso recuperar razoável equilíbrio emocional para encerar o diálogo destinado a explorar condições, obstáculos e alternativas de solução do conflito.

A utilização da tática de confrontação exige maior habilidade de negociação entre as partes e de quem eventualmente participar como mediador.

Este deve ser alguém que goza da confiança de ambas as partes e funciona como elemento neutro, o qual se propõe a acompanhar, escutar e apoiar os esforços dos membros em desacordo, sem interferir no mérito da contenda.

O conjunto de condições que facilitam a dinâmica da confrontação é a mútua motivação positiva, o equilíbrio relativo de poderes entre as partes, a sincronização dos esforços, a atmosfera propícia à auto-exposição durante o diálogo, os apropriados meios de comunicação e um adequado nível de tensão.

A tática da resolução de problemas se inicia com o diálogo realizando-se em duas etapas: a diferenciação e a integração; sendo que a primeira compreende a exploração de percepções e sentimentos de ambas as partes, exercendo a função de alívio de tensões acumuladas e de “aquecimento” para a genuína comunicação.

Trata-se da etapa mais demorada e decisiva na administração de conflitos. Se a fase de diferenciação for bem conduzida a fase de integração leva à reformulação dos problemas existentes como tarefa participativa, ao estabelecimento de prioridades e à elaboração de alternativas para resolvê-las.

O artigo Ideias e Táticas de Gestão de Conflitos em Equipes através da Liderança (+ Produtividade) apareceu primeiro no Canal Guia Instituto Usuário Online.

domingo, 30 de dezembro de 2018

A Arte de Atrair Pessoas Qualificadas para sua Empresa (Definir o Perfil é a Chave)

 

Está difícil encontrar bons profissionais?

O processo de recrutamento não está funcionando?

Pois, você não está sozinho, conseguir atrair pessoas de qualidade precisa um pouco mais do que apenas divulgar uma vaga.

Atrair a pessoa certa é como uma arte, cada vaga merece uma personalização especifica.

Definição do perfil do candidato é vital para  atrair e recrutar o profissional certo

O desenvolvimento do processo de recrutamento de pessoas exige das empresas uma constante dedicação e percepção apurada das suas atuais necessidades em função das características que se deseja obter do profissional contratado.

A maioria das empresas possui uma central de dados armazenados no computador com informações importantes sobre os candidatos cadastrados como nome, idade, experiência profissional e suas qualificações.

Segundo Lacombe e Heilborn (2003), para a empresa obter sucesso na escolha do profissional é preciso analisar o perfil desejado, isto é, suas características pessoais e profissionais.

Para a definição do perfil correto é importante saber o que a empresa espera do candidato, mas para chegar a esse perfil ideal é preciso conhecer a cultura da empresa, seus valores e sua ética.

  • Se o candidato for ótimo, mas não tiver um perfil condizente com os valores, as expectativas e a estratégia da empresa provavelmente não conseguirá se adaptar à organização.

 Atualmente, muitas empresas estão passando por situações difíceis na hora de contratar, em que a quantidade de pessoas desqualificadas elimina qualquer possibilidade de emprego para elas.

O número de exigências feitas pelas empresas é cada vez maior devido a seu alto grau de comprometimento com a qualidade em seus produtos e serviços prestados.

Recrutamento é o processo de atrair um conjunto de candidatos para um particular cargo. Ele deve anunciar a disponibilidade do cargo no mercado e atrair candidatos qualificados para disputá-lo. O mercado do qual a organização tenta buscar os candidatos pode ser interno, externo ou uma combinação de ambos. Em outras palavras, a organização deve buscar candidatos dentro dela, fora dela ou em ambos os contextos.

Como encontrar pessoas de alto nível para compor sua equipe

A partir da fala do autor, entende-se que o processo de recrutamento é oferecer a vaga disponível para os candidatos no mercado de trabalho, atraindo-os para disputa desta vaga.

Sendo que é de responsabilidade da empresa buscar a pessoa mais qualificada, avaliando não somente as pessoas de fora, mas também os candidatos que já estão dentro da organização, praticando o recrutamento interno caso seja necessário.

Veja também: Economize na Hora de Contratar um Funcionário Investindo nos Profissionais de RH

É preciso exigir alguns pré-requisitos indispensáveis no recrutamento como à formação profissional, o tipo de experiência, as características de personalidade, os conhecimentos e as qualidades que o candidato deve possuir.

O processo de recrutamento, quando aplicado corretamente, irá extrair do mercado de trabalho pessoas de alto nível para preencher as vagas oferecidas pela organização, de acordo com as exigências do cargo.

Com este processo de recrutamento, a organização apenas buscará o melhor candidato entre os melhores já pré-selecionados deste amplo mercado de trabalho.

Aprender e refinar o processo de seleção continuamente

As empresas terão muitos desafios no decorrer de suas atividades, pois as mudanças impostas pelo novo cenário mundial, onde a tecnologia decola e as empresas necessitam desses novos recursos para ajudá-la nesse ambiente competitivo rumo aos seus objetivos e metas.

  •   Pontes (2001, p.24), descreve:

Talentos valorizam as oportunidades que têm para aprender e utilizar novas competências no ambiente de trabalho. Apreciam receber novas responsabilidades e sabem que esse é o melhor caminho para crescer na carreira.

 É fundamental para atrair e reter talentos que além de programas de gestão de pessoal, flexíveis e reajustados à nova realidade contemporânea, a empresa mantenha um ambiente de trabalho sadio, motivador, voltado ao progresso, de contínuo desenvolvimento de pessoas e que reconheça as que fazem a diferença.

O texto A Arte de Atrair Pessoas Qualificadas para sua Empresa (Definir o Perfil é a Chave) foi postado pela primeira vez no Blog Guia Instituto Usuário Online.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Seja um Profissional Focado em Resultados (Aumente seu Valor)

 

Os profissionais mais procurados atualmente no mercado de trabalho são aqueles com perfil voltado para resultados ou focado nestes.

Mas é importante refletirmos um pouco na seguinte questão:

  • o que significa ser um profissional voltado para resultados ou possuir o perfil adequado para estas vagas?

Para muitas organizações o profissional voltado para resultados é aquele que busca atingir as metas fixadas com determinação exclusiva, não dando tanta importância a como foi feito.

Para outras o profissional deve possuir todas as qualidades de um líder, concentrado diariamente em atingir os objetivos de sua função, mesmo que a ética seja esquecida eventualmente.

https://guiaituonline.com.br/livros-carreira-profissional/

Para outras ainda deve possuir uma visão global do mercado de atuação e mostrar desempenho acima da média, com dedicação além do horário normal de trabalho, incentivando seus subordinados a segui-lo.

Porém, há alguns aspectos muito subjetivos que fazem parte de uma profissão e que necessitam de ser valorizados ou repensados.

Vejamos o caso de um médico que atende pacientes através de convênios, onde a quantidade de pessoas atendidas por hora é a sua meta, não importando muito a qualidade do atendimento.

O mesmo acontece com aquele vendedor ou representante comercial, mais preocupado com a sua cota mensal a ser atingida do que a capacidade de absorção dos clientes, sem avaliar o risco de crédito, atrasos nos pagamentos ou o tempo necessário para o giro das mercadorias adquiridas.

Ou ainda aquele assistente administrativo que trabalha horas por dia tão concentrado no que faz, mas sem possuir a visão necessária de todo o processo do qual ele é parte integrante e, consequentemente, da sua influência positiva ou negativa nos resultados, de acordo com seu empenho e dedicação.

Mas afinal, como saber se somos ou estamos voltados para os resultados do nosso negócio ou da empresa onde trabalhamos?

Será que não deveríamos prestar mais atenção aos detalhes que compõe uma atividade, na disciplina exigida, nas pessoas que fazem parte dos diversos processos de uma organização, muitas das quais são gerenciadas ou influenciadas por nós?

  • São valorizados pelo seu esforço e dedicação?
  • E quanto às diversas atividades de nossa responsabilidade?
  • São realizadas com o máximo de organização, planejamento e eficácia, sempre buscando seu aperfeiçoamento?

Como prestar ao nosso cliente interno ou externo de nossos produtos e serviços um atendimento tão bom e diferenciado que o faça sentir nossa falta, valorizando o nosso trabalho e, consequentemente, a marca da nossa empresa e o sucesso do nosso negócio?

Isto tudo sem citar a imprescindível qualidade em tudo que se faça.

Será que não é justamente o conjunto de todos estes fatores que compõe um profissional voltado para resultados, focado no que faz?

Depois de uma análise profunda e detalhada sobre o perfil deste profissional tão procurado e valorizado pelas empresas, surge a pergunta:

Nós temos este perfil profissional? Estamos sintonizados com esta forma de pensar e de agir?

 

O artigo Seja um Profissional Focado em Resultados (Aumente seu Valor) foi postado primeiramente no Site Guia Instituto Usuário Online.